quarta-feira, 9 de novembro de 2011

video

ATIVIDADE - 4.4 - PROJETO DIA DAS CRIANÇAS


ESTADO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
ESCOLA MUNCIPAL JOSÉ MARIA DO NASCIMENTO
RUA: CENTRAL, 272 – CENTRO – CEP: 59528-000
CÓDIGO: 24030619
EDUCAÇÃO BÁSICA

 

 

 

 

PROJETO DIA DA CRIANÇA

TEMA: As crianças têm direito a ser amada

 

 

 


JUSTIFICATIVA

A criança tem o direito de ser feliz, de ser valorizada, respeitada e amada. Ela passa a maior parte do tempo na escola, que por sua vez desempenha sua função social proporcionando à criança um ambiente feliz, acolhedor e amável.


OBJETIVOS

Promover, durante a semana da criança, atividades extraclasse, variadas e interessantes, visando dar a criança oportunidades de lazer e sociabilidade educativas

-Valorizar a criança
-Estimular a auto-estima
-Evidenciar direitos e deveres da criança
-Desenvolver o raciocínio-lógico, a expressão oral e corporal, a coordenação motora, a percepção auditiva e visual da criança
-Proporcionar jogos e brincadeiras


DESENVOLVIMENTO:

-Lembrancinhas
-Desenhos para colorir
-Recorte e colagem
-Músicas e poesia
-Brincadeiras dirigidas
-Mensagens


CULMINÂNCIA
Realização de apresentação de vídeos, show de louvor com pipoca bolo e entrega de lembrancinhas para as crianças.



                                           AVALIAÇÃO

Deve buscar entender o processo de cada criança e a significação que cada trabalho comporta. A observação do grupo, além de diária e constante, deve fazer parte uma atitude sistemática do professor dentro do seu espaço de trabalho.



GRUPO DE TRABALHO

Carlos Gileno Justino da Silva

Clésia Dantas Pereira

Francisca Aldeilde da Silva

Irimar Soares da Silva

Luzia Efigênia de Carvalho

Maria das Vitórias Pereira

Maria de Fátima Carvalho Pereira

Maria Joseilda da Silva Cruz

Maria Laudelita Pereira

Maria Marcia Vitória de Carvalho

Patricia Maria Viturino

Suerda Jaqueline Bento

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Relato de experiência - Projeto Vida, Valore e Cidadania II


Em continuidade ao Projeto Vida valores e Cidadania, na semana da criança, as turmas de 1º ano da professora Laudelita, o 2º ano A da professora Patrícia e a do 2º ano B da professora Irimar, mais uma vez trabalharam coletivamente, dessa vez tendo como foco os direitos das crianças e a culminância foi uma festa linda, planejada com muito carinho para nosso alunado. A culminância foi dividida em três momentos. No 1º momento em uma sala de cinema com  pipoca , e assistiram o vídeo: História para crianças da TV  escola. Para o 2º momento, convidamos o Grupo de Jovens Unidos pela Paz , para fazerem uma hora de animação, onde aproveitamos para relembrarmos nossa consagração a Nossa Senhora Aparecida Padroeira do Brasil . E no 3º momento, preparamos uma sala de aniversário coletivo, já que todos estavam de parabéns, foi uma festa linda e fiquei satisfeita de ver o brilho no olhar de cada um e a surpresa ao entrarem na sala. Foi sem dúvidas um momento inesquecível. E todos sintam-se convidados a compartilhar dessa festa nas fotos a seguir. Parabéns professores pelo empenho. Estes projetos fazem a escola crescer e os alunos se emanciparem.

anexos:












Relato de experiência - Projeto Vida, Valores e Cidadania - atividade 4.3

s
  Na amplitude de temáticas a serem trabalhadas dentro do Projeto Vida, Valores e Cidadania, as turmas do 1º e 2º anos A e B, das professoras: Irimar, Laudelita,e Patrícia,uniram-se com o intuito de trabalharem juntas a questão da diversidade religiosa, tendo em vista questionamentos de alunos no que diz respeito as religiões. A experiência foi fantástica e afirmo com propriedade, que depois de ser trabalhado o Cristianismo, o Protestantismo e o Islamismo, podemos perceber o respeito que foi gerado gradativamente, levando em conta as diversas religiões existentes em sala de aula. A culminância foi positiva com uma apresentação, tendo como protagonistas os próprios alunos, das três turmas, que de forma dinâmica explicaram as três religiões. Além da interação bastante significativa, ainda teve a participação de algumas mães. E o projeto continua sendo desenvolvido, com outras temáticas. São projetos como este que levam a construção da cidadania.

anexos:







segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Projeto Vida Valores e Cidadania

                                                 JUSTIFICATIVA 

Por motivos necessários a boa convivência e nutrir valores que transformam constantemente as escolhas humanas que cheguem as idéias de certo ou errado, de bem ou mal, etc. Toda criança tem seu próprio mundo, por isso cabe a escola estar facilitando a “Leitura desse Mundo”, fazendo com que a criança estabeleça relações com sua própria história de vida, formando assim sua identidade e valores morais.

Desenvolvimento da identidade, autonomia, boa convivência, criar valores, e um Ambiente favorável onde haja respeito ao outro, desenvolver a democracia a cidadania refletindo numa sociedade mais justa. Desenvolver o hábito de leitura, incentivando e proporcionando o prazer a criatividade e a socialização.
                                      
                                   OBJETIVO GERAL 

Proporcionar e criar hábitos de bom convívio resultando numa cultura de paz formando cidadãos críticos, criativos, que conheçam seus direitos e deveres, preparando-os para uma vida democrática e para cidadania.
                                

                            OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Oferecer oportunidades para que as crianças sejam capazes de:
Construir sua identidade a partir das relações sócio-históricas e culturais, de forma autêntica, consciente e contextualizada;
Interessar-se e demonstrar curiosidade pelo mundo social e natural, manifestando opiniões próprias sobre os acontecimentos, de forma oral e artísticas, dando informações de seus conhecimentos prévios sobre o tema abordado e aumentar a bagagem desse conhecimento;
Estabelecer algumas relações entre o Meio Ambiente e as formas de vida, valorizando sua importância;
Utilizar diferentes linguagens ( corporal, musical,artística, plástica, oral e gestual );
Desenvolver o gosto pela música, dramatização o fazer Artístico;Construir progressivamente a boa convivência, a tolerância, o respeito, construir limites, direitos e deveres;
 Desenvolver de modo coletivo que cada criança na sua vez tome iniciativa, defenda sua opinião, observe, fale, ouça, critique e sugere, pense e se faça compreender no grupo.
De forma natural confrontando idéias , expondo e escutando opiniões aceitando-as e vendo outro como um ser único, vivendo de modo democrático com certeza, estaremos amadurecendo e criando hábitos de cidadania, num futuro teremos uma sociedade mais justa, letrada e culta.
Promover a interação Pais e Comunidade Escolar.


                        CONTEÚDOS PERMANENTES 

Livro de Celso Antunes: Desenvolvendo valores com as séries iniciais;
Coleção: Amiguinhos do Criador- textos: Maicon dos Santos, Edna Hostert,
Temas: Agradecimento; Alegria; Amizade; Amor ; Brandura; Confiança;
humildade; Obediência; Paz e Proteção;
DVDs e CDs;
Coleção:” Direitos e Deveres da Criança”;
Demais materiais que se considerar necessário para realização do projeto.
Textos: Mensagens aos pais.



                                       DESENVOLVIMENTO 

Roda de conversa ( coleta de opiniões sobre o que já sabem do tema que for abordado); levando-os a aumentarem a bagagem de conhecimento e refletindo sobre:
Ler a história sobre o tema abordado ;
Hora da História: livros , gibis, notícias de jornais, fantoches, vídeos, DVDs;
Pesquisas: revistas , jornais, etc;
Participação em jogos, promovendo a socialização, desenvolvendo o raciocínio, despertando o espírito de companheirismo e a cooperação;
Desenvolver o pensamento crítico e a tomada de decisão em um grupo social; brincadeiras ;
Desenho, pintura, modelagem, recorte;colagem, dobraduras;
Música, dança, dramatizações;
Enriquecer a oralidade e opinião crítica do aluno onde, cada um na sua vez dará opinião ou relatará sua vivência sobre o tema abordado.
Enviar textos aos pais para promover o desenvolvimento de valores.
Elaboração de um livro com as atividades trabalhadas, aumento da bagagem cultural , o gosto e prazer pela leitura e o fazer artístico;
Palestra com a psicóloga Tema:  Educação e Limites

Palestra com o conselho Tutelar: Educação e Limites
Palestra com profissional da saúde Tema Higiene: cuidados com o corpo, ambiente ao seu redor




segunda-feira, 26 de setembro de 2011

RELATO DE EXPERIÊNCIA







Escola Municipal José Maria do Nascimento
Aluna: Irimar Soares da Silva
Formadora: Elza Maria Pacheco
Unidade – III – Currículo, projetos e tecnologias
Bodó – RN, 23/09/2011
RELATO DE EXPERIÊNCIA
Projeto: Como Crescem as Plantas


O projeto “Como crescem as plantas” surgiu através da necessidade de comparação das plantas com os seres humanos. Isso se deu espontaneamente a partir de uma conversa sobre o que eles gostariam que fosse trabalhado na semana da árvore. Atravessadas por dúvidas e com o incentivo do professor, iam tentando ser respondidas algumas hipóteses. Resolvi então fazer um passeio numa manhã de sol brando e agradável , para que pudéssemos sentir o espaço que vivem com o objetivo de fazer realizar nossas atividades fora do espaço físico da sala de aula. Durante o passeio ia conversando com as criança.
(FIGURA DO PASSEIO)

"E neste momento percebi que sem querer poderia estar

diante do nosso mais novo
objeto de estudo: as plantas. Mas o que deveríamos estudar e pesquisar, que caminho deveríamos seguir?
O que tinha para fazer no momento era tentar perceber se aquela questão que tanto mexeu comigo, incomodava as crianças a ponto de desenvolvermos um projeto a partir dela.

Ao final da manhã, na Rodinha , combinei com as crianças que iríamos pensar se as plantas sofrem metamorfose e no dia seguinte conversaríamos novamente sobre o assunto.
Eu também precisava pensar!
Planejamento de Atividades:
Planejei o projeto em partes, ou seja, ele se dividiria em etapas. Conduzidas por um objetivo que seria acompanhar e descobrir, "como crescem as plantas". Nossa pesquisa atravessaria o estudo das partes das mesmas, ou seja, a semente, a raiz, o caule, as flores os frutos. Seriam pequenos projetos dentro de um só.
Na minha perspectiva ou no meu objetivo o projeto maior, aquele que conduzia todo o trabalho deveria terminar em seu começo. Ou seja, ao estudarmos as etapas do crescimento e as partes das plantas, começaríamos pela raiz, caule e assim por diante até terminarmos na semente novamente, uma vez que ao chegarmos no estudo do fruto descobriríamos a semente dentro dele, e assim o projeto seria um ciclo.
Depois de estudarmos os meus pensamentos e organizá-los, já tinha um caminho a seguir, porém tudo isso dependeria das crianças e de como se daria o desenvolvimento do projeto no dia-a-dia.
A estrutura do projeto ficou da seguinte forma:

1ª- Etapa: Registrar a parte do que conhecíamos e do que descobrimos na observação das plantas.

2ª- Etapa: Baseados na primeira etapa questionaríamos e pesquisaríamos como a semente se desenvolve.
"O que nasce primeiro?"
"O que sai da semente primeiro?"

Essas seriam perguntas que norteariam nossa investigação num primeiro momento. Atravessando a pesquisa buscaríamos saber quais são as sementes que nós comemos.

3ª-Etapa: Raiz (Observação e registro).

"Para que serve a raiz?" (pergunta norteadora)
"Forma e tamanho".
“Quais as raízes que nós comemos? “

4ª- Etapa: Caule
Para que serve o caule, suas cores, tamanhos, formatos, noção de tempo
(idade da árvore, os caules que nós comemos). (Observação e registro).


5ª- Etapa: Folhas

”Como crescem? “
”Qual é a função delas? “
”Cores, tamanhos e formas. “
”Quais folhas comemos?” (Observação e registro)

6ª- Etapa: Flores

”Como crescem?”
”Qual é a função delas?”
”Cores, tamanhos e formas”
”Quais flores comemos?” (Observação e registro)

7ª- Etapa: Frutos

”Como crescem?”
”Qual é a função delas?”
”Formato, cores, tipos, gosto”
“Qual comemos?” (Observação e registro)
Planejamento de Algumas Atividades e Relato

1ª- Etapa:

Atividade 1:

Pedi para as crianças durante a Rodinha de conversas, que ficassem em uma posição confortável. E propus a ginástica historiadora para começar as atividades do dia. Falei para que escutassem com atenção. A partir daí comecei a incentivar a imaginação das crianças. Fui falando para que, de olhos fechados, pensassem como seria aquela árvore, o que tinha perto, seu tamanho, cor e etc...
(FIGURA DA PRIMEIRA ÁRVORE DESENHADA)



Algumas crianças aceitam bem este tipo de atividade, outras possuem dificuldades em se concentrar .
E comecei a desenvolver:
Imagine que vocês sejam o vento (balançar os braços abertos, prá lá e prá cá);
Imaginem que vocês sejam as sementinhas (alunos (as) agachados, bem quietinhos);
A plantinha foi crescendo (alunos) se levantam devagar e abrem os braços;
Agora, o sol está batendo nos seus galhos (esticar bem os braços);
Vamos agora descansar, que a noite chegou (descansar os braços e ficar em posição bem relaxada)
Amanheceu e as arvores saúdam o sol (elevar os braços com suavidade para o alto);
Agora vamos descansar à sombra da arvore (alunos recostados);
(FIGURA DA GINÁSTICA HISTORIADA)



Atividade 2
Convidei as crianças para sair da sala e num passeio pelo pátio da escola, que eles pegassem todas as folhas secas e verdes que achassem caídas pelo chão. E foi um sucesso , tanto cataram folhas secas de pau-brasil, quanto folhas de mangueira. E ao voltarmos a sala , confeccionamos a nossa árvore com uma diversidade de folhas e cada um falou do que aprendeu sobre as plantas.
(FIGURA DA ÁRVORE DIVERSIFICADA.
Ao final da semana, chegamos ao término da atividade, quando comprovamos na prática tudo o que havíamos descoberto em nossas pesquisas.
 ANEXO